Veja a respeito do hábito territorialista dos cachorros

Cães que tentam conservar os indivíduos ou outros cães distanciados da sua propriedade costumam fazer este tipo de coisa porque estão apreensivos com o que esses homens e espécimes podem fazer contra eles ou seus familiares. Os cachorros territorialistas, em algumas ocasiões, suspeitam de desconhecidos e podem permanecer ocultos, ou permanecerem perto de um portão para morderem na ocasião em que um intruso desconhecido ou outro cão passarem bem próximo.

Descubra por qual motivo os cachorros ficam de guarda

comportamento-do-cachorro Um cachorro que não tem temor de algum humano ou de outros cachorros não tem necessidade de conservar estas pessoas e espécimes longe da moradia, jardim ou território que pensa ser dele. Na maior parte das vezes, cachorros instáveis e acanhados fazem isto. Existe, também, um elemento hereditário com cães de determinadas espécies que são mais propensos a serem territorialistas do que outras raças, ou manifestam o temperamento mais ofensivo.
As espécies que inclinam-se a ser territorialistas são as que foram desenvolvidas como cães de guarda (distintas espécies foram selecionadas para defender coisas distintas, como indivíduos, pertences ou agrupamentos). Algumas outras raças foram selecionadas pela reação e por seu temperamento e são mais propícias a usar a hostilidade na ocasião em que têm temor, como certos Terriers, e, possivelmente, irão ser mais apavorantes do que outros cachorros, como de espécies de pastoreio.
Já os cachorros que são instigados a defender a casa ou reconhecer invasores poderão ser muito mais propensos a demonstrar hostilidade. Como por exemplo, os cachorros que são estimulados por seus donos a perseguir gatos no quintal têm mais possibilidades de se tornarem uma ameaça e são capazes de ser bem agressivos caso apanhem o felino.

O que você pode fazer com um cão territorialista

cachorro-territorialista Tal como nós, os cães têm um forte senso de território e eles são bem mais predispostos a ser agressivos no momento em que alguma pessoa ou algo tentar passar o que o cão considera seu limite territorial.
Se o seu cão é territorialmente agressivo com os demais, é bem melhor tratar o bicho como se ele tivesse um problema associado com o temor, mesmo se você não percebe este sentimento no seu amigo de 4 patas.
Do ponto de vista de um cachorro territorial, os carteiros, entregadores de encomendas, entre outras pessoas que passam pelo portão da residência dele estão ameaçando seu território e seus familiares. Devido a isso, o espécime fará de tudo com a finalidade de preservar essas pessoas, bem como outros espécimes, distanciados, mesmo que para isso precise usar da violência.
Em alguns países, os donos de cães possuem a obrigação legal de oferecer um acesso protegido aos seus imóveis para a entrega do correio. Ainda que por aqui não exista lei que trate do assunto, também é crucial que todos os donos de cães territorialistas tomem cuidado para evitar todo tipo de imprevisto com indivíduos que façam entregas em suas residências, a fim de evitar acidentes. Para esse fim, é importante assegurar-se de que as portas não estejam destrancadas e que o cão esteja preso.
Se o seu cão é territorialista e violento, busque orientação competente para resolver o problema.