O que você não sabe sobre o maravilhoso pet Cocker Spaniel

Published by: 0

O que você não sabe sobre o maravilhoso pet Cocker Spaniel Animais de Estimação Cães Raças de Cães

Por volta do ano 500 a.C., na ocasião em que os cartagineses chegaram nas terras espanholas ao longo de uma de suas viagens através do Mediterrâneo, os militares viram um grande número de coelhos e gritaram “Span, Span!” (coelho na língua cartaginêsa). O vocábulo “Spaniel” foi estabelecido para os cães que acossavam estes pobres coelhos, isto é, receberam a denominação “espécimes coelheiros”.
Essa raça vivia tanto em países do Mediterrâneo quanto na própria terra hispânica. Era, facilmente, uma das primeiras raças de cães a manifestar-se em todos os tempos. Conseguimos apreciar uma estátua em homenagem ao Spaniel no Museu Metropolitano da cidade de Nova York.Este monumento tem mais de dois mil anos, e ele pertence à coletânea Chipriota.
Existe uma investigação acurada sobre o Spaniel, redigida por Nichilas Cox, e esta lançada no ano de 1803. Essa encontra-se no Sportsman’s Cabinet: Existem duas raças de Cocker Spaniel, de forma que um possui um corpo físico maior do que o outro, entretanto ambos são denominados de “Spaniels Levantadores”. O pequeno se dá melhor para a caça em matas, e este se intitula “Cocker Spaniel”. Esta espécie obteve esse nome, consoante muitos presumem, pela razão de perseguirem galinhas ou, até mesmo, faisões machos, que em inglês quer dizer “cockpheasants”.

Temperamento da raça Cocker Spaniel

Apesar de ser um brilhante predador, sua personalidade é carinhosa, tranquila e terna. Dá-se serenamente em um ambiente familiar, é prazerosa e bem cheio de vida. A espécie mescla intelectualidade, benevolência e destreza, o que o torna apto até mesmo de presumir os intuitos do dono. Apesar de dócil e primordialmente carinhoso, também é considerado um ótimo guardião. Ele não entrega-se ao medo: se possível ele vai para cima de um intruso, caso seja preciso.
Conhecido por seu temperamento radiante, o Cocker Spaniel Inglês é sagaz e valente, e mostra uma grande habilidade de ambientação. Ele familiariza-se excelentemente com outras espécies domésticas, além, também, com outras criancinhas, não tendo interesse a idade ou o tamanho destas criancinhas. O amor tem que estar a todo o momento presente para essa espécie, porque ela não aguenta ser tratada com frieza ou menosprezo. Quando ensinado com serenidade e gentileza, o cachorro dessa espécie vai se revelar um parceiro leal e obediente, com certeza bastante amoroso, evidenciando sua personalidade radiante e positiva.
Na escala de esperteza elaborada por Stanley Coren, em seu livro A Inteligência dos Cachorros, o Cocker está na 18ª posição, o que se reflete na sua capacidade de aprendizagem.

Características do Cocker Spaniel

O Cocker Spaniel Britânico é um cachorro mediano, musculoso, atlético, bastante simétrico e forte. Revela um focinho quadrangular, alargado, com stop bastante marcado e trufa bastante extensa para beneficiar a capacidade de faro.
Os olhos são enormes, completos, contudo não protuberantes. As orelhas apresentam formato lobular, de anexação baixa, no nível dos olhos, e é coberta com uma pelagem alongada, alisada e sedosa. A cauda do Cocker Spaniel Inglês prolonga a linha dorsal.
Conta com um pelo mediano que tem que ser penteado semanalmente. A pelagem da raça é lisa, de consistência sedosa, nunca rígida, aramada ou ondulada. Sua franja não é tão peluda como se é capaz de cogitar, e seu tamanho vai até os membros inferiores, mais especificamente, por cima dos joelhos.
A coloração desta espécie é bem diversificada. É bem possível se observar cães com uma cor só, os que são denominados sólidos, entre a cor preta, caramelo, fígado, e inclusive misturados de colorações, que são chamados de part colors.
Sua franja precisa, regularmente, ser aparada, além de se aparar em volta de suas patas e da sua cauda bimestralmente. É crucial, inclusive, se puder fazer limpezas em suas orelhas pelo menos duas vezes por semana.

A Superioridade da raça Cocker Spaniel

Além de ter um tamanho que propicia que se adéque bem tanto em prédios quanto em casas, o Cocker Spaniel Inglês não é do tipo que late bastante, o que garante incríveis relações com seus vizinhos.
Com a família, ele é um cachorro bastante brincalhão, sendo capaz de fazer aquele final de semana completamente enfadonho, contente para todos, porque decerto ele irá encantar a família com o seu jeito desengonçado e irá divertir-se bastante.
Existem várias maneiras de aproveitar o tempo com o seu cachorro, seja brincando em um parque, caminhando, passeando ou, então, fazendo pequenas atividades físicas como flyball e agility.

Enfermidades habituais ao Cocker Spaniel Inglês

A única ressalva que se pode fazer para os Cockers é a questão de seu cruzamento com outras raças, esse que foi efetuado sem um critério bem planejado. Os cachorros de pelagem dourada – talvez pela fama do desenho “A Dama e o Vagabundo” – ganharam enorme mercado e foram afetados por desvios de temperamento e conformação. No momento em que o Cocker estava sendo difundido, aconteceu vários casos de espécimes que sofreram sérios alterações comportamentais.
Apesar se serem animais sadios, os Cockers possuem propensão a apresentar enfermidades nos ouvidos, comumente ocasionados pela pouca ventilação nos canais dos ouvidos e pelo acúmulo de água. Caso vá banhar o seu Cocker, tape os ouvidos dele com algum algodão para que a água não passe para os canais auditivos. Para não acumular cera e sujeira nas orelhas, é prudente que a cada 2 dias as orelhas sejam higienizadas com produto adequado para cachorros sugerido por veterinários.
Em função da quantidade de pelos no meio dos dedos, a sujeira e umidade conseguem ficar retidas, ocasionando frieiras. Higienize constantemente ou, então, apare os pelos com o objetivo de prevenir este distúrbio.

Atividades e perfil psicológico da raça Cocker Spaniel

O aconselhado é que este cão saia pelo menos três vezes diariamente para repousar, porém isso não precisa durar bastante tempo, uma volta já é o ideal. Logo após as caminhadas, é crucial analisar suas orelhas a fim de garantir que não têm nenhum espinho ou objeto preso nas franjas.
A catarata é um problema hereditário, e pode aparecer com bastante frequência nos Cockers, além de vários cães apresentarem problemas de obesidade e as dores nos ouvidos que já foram descritos anteriormente.
A tosa do Cocker consiste primordialmente em aparar o pelo do dorso, cabeça, base da orelha, rabo e almofada das patas, conservando-se boas franjas nas orelhas, barriga e patas. A tosa deve ser concretizada por um especialista competente que conheça bem a espécie, porque é muito frequente Cockers serem tosados como Poodles em Pet Shops.
Você sabia que o banho em demasia pode ser prejudicial ao seu Cocker? Se você banhá-lo em demasia, tem grande chance de causar problemas em sua pele, como a dermatite, eczema, etc. Para evitar esses transtornos, a escovação diária é a melhor aliada, particularmente nas orelhas.

Filhotes do cão Cocker Spaniel

Por sua característica de ser um exímio caçador, ele tende a ser muito levado e muito cheio de vigor quando filhote. Talvez por seu aspecto de “pelúcia”, a compra por impulso da espécie, sem a avaliação real das condições de cuidar do pet, seja mais forte do que para as demais espécies.
O filhote desta espécie é do padrão que não foge de nenhum tipo de atividade ou divertimento, estando decidido a brincar, andar e fazer bagunça. Com o passar do tempo, o crescimento e a educação, primordial a qualquer espécie independente do seu tamanho, o cachorrinho tende a ficar mais tranquilo.
Aos seis ou sete meses, o cachorro já passou da fase da destruição, aperfeiçoando suas qualidades de companheiro.

Curiosidades a respeito do Cocker Spaniel

– Comparando-se com o Cocker Spaniel, o Cocker Inglês é mais alto, conta com um revestimento menos abundante, e não vem na coloração amarela como tantas vezes é observado no Cocker. Em vez disto, ele ostenta uma pelagem aveludada, com pequenos detalhes em preto, fígado, vermelho, preto e castanho, fígado e castanho, ou qualquer uma destas cores por sobre um fundo esbranquiçado;
– O presidente John Kennedy teve um Cocker Spaniel Inglês chamado Shannon que morava com ele na Casa Branca;
– O cão Lupo, também um Cocker Spaniel Inglês, faz parte da família real inglesa, sendo criado por Príncipe Willian e Kate Middleton. O cão é filho de Ella, cadela dos pais de Kate, Michael e Carole Middleton. Porém, a princípio, o casal Real negou que o cachorro pertencesse a eles. Lupo fez parte da foto oficial, encontrando-se do lado do príncipe George;
– Na Inglaterra, o que os norte-americanos chamam de Cocker Spaniel Britânico é meramente Cocker e a versão dos Estados Unidos é chamada de Cocker Americano;
– Se o cão caçava aves, então ele era denominado “Spaniel”. Estes cães sempre foram diferenciados devido a seu porte físico e pelo estilo como operavam suas ações.