O estimado Chihuahua

Published by: 0

O estimado  Chihuahua Animais de Estimação Cães Raças de Cães

Existe bastante polêmica com relação ao surgimento da espécie Chihuahua. A tese mais assumida é que a espécie seja descendente do Techichi, um cachorro demasiadamente pequeno que coabitava com os Toltecas, cultura precedente aos Astecas oriundos do México, entre os anos 900 e 1000. O Techichi era visto em muitas artes rupestres dos santuários nesse período. Os Astecas julgavam os Techichi como uma espécie “sagrada”, por estes serem os guiadores de almas das trevas.

De acordo com alguns estudiosos, a origem dos Chihuahua provavelmente seria de uma era bem mais remota, no Oriente, baseado em uma tradição das civilizações do Oriente, sendo essa raça distribuída para o continente americano pelas embarcações que comercializavam com a Ásia.
O único consenso se refere à nomenclatura desse animal: Estes espécimes eram negociados em mercados que eram localizados em um estado do México nomeado como “Chihuahua”. O primeiro cão foi aceito legalmente no princípio do século XX, sendo reconhecido portanto no AKC (American Kennel Club).

Características do Chihuahua

O Chihuahua é um bicho de orelhas compridas, inclusive enormes para o comprimento de seu corpo, que é compacto, mais comprido do que alto. A sua cauda é curvada por cima do dorso. Podemos encontrar o Chihuahua em algumas cores: castanho, prata, areia e o fulvo claro. Chihuahua pode ser monocromático ou malhado e revela duas variações de pelo, a curta e a esticada, bem como a ondulada, o que é inusual.
As Chihuahuas fêmeas possuem a tendência de ser demasiadamente peludas e bem maiores, enquanto, no geral, a pelagem desta espécie é macia e bem fléxil. Todas as colorações do cão são consideráveis, ainda todas as mesclas de colorações e quanto mais esquisito ele for, mais admirados eles vão ser. Contudo, comumente encontramos o Chihuahua na tonalidade rubi escuro.
Pela sua delicadeza, ocasionada devido ao seu pequeno tamanho e constituição física, eles são bastante sensíveis, ainda mais no momento em que são filhotinhos. Seu porte, tanto para o macho como para a cadela, encontra-se entre 15 e 22 centímetros. É bem similar ao Dobermann e, inclusive, com um Aidi, contudo seu comprimento é infinitamente de estatura menor.

O gênio da raça Chihuahua

Essa raça costuma se afeiçoar, especialmente, a seu proprietário, sendo considerado um cachorro de um só dono. Ele é fechado com pessoas novas, porém geralmente se dá bem com outros espécimes e animais de estimação. Alguns cães buscam ser defensores, contudo não são bem eficazes nisto. Determinados podem ser destemidos, e alguns mais acanhados. Todavia, na totalidade dos cachorros somos capazes de perceber que ele é um cão muito impulsivo.
É um cachorro veloz, vigilante, munido de bastante agilidade, repleto de ânimo e audácia. Por querer tornar a ser um exímio cão de sentinela, ele está sempre em atenção. Independentemente de seu porte minúsculo, ele não é intimidado por nenhum cão, podendo partir para cima de um cão maior. Ama seu proprietário, mas não morre de amores por qualquer um que não esteja em seu contato diário. Ladra com bravura, dando o alerta ante o menor gesto estranho.
Caso você deseje ter um cachorro amável, preste muita atenção nesta orientação: você tem que ser o modelo. Esta raça espelha-se bastante em seu dono. Se você tem crianças pequenas em casa, é bem melhor raciocinar bastante antes de adquirir um Chihuahua. Essa raça não é muito paciente com crianças muito pequenas, sendo recomendável que você apenas o adquira se houver pessoas maduras em toda sua família.

Benefícios de ter um cão Chihuahua

Cachorros da raça Chihuahua são bem adaptáveis e obedientes, apesar de serem considerados demasiadamente astutos. O seu comprimento o torna um cachorro flexível a diversos lugares, incluindo edifícios, mansões e fazendas.
Em razão de sua desobediência, ele não é simples de ser amestrado, entretanto essa atividade não é de fato inaceitável. Eles reagem perfeitamente ao reforço positivo e podem, na grande maioria dos casos, ser adestrados por todo estilo de procedimento. Quanto mais cedo você socializá-los com outros cães e pessoas estranhas, mais fácil irá ser a adaptação destes animais.
É uma excepcional espécie de cão para edifícios ou ainda condomínios, já que a maior parcela de suas necessidades são capazes de ser realizadas dentro do lar, com brincadeiras ou sessões de jogos. Apesar disso, eles amam, como as outras raças, de efetuar passeios diários pela rua com seus proprietários.

Problemas habituais do Chihuahua

Você deve estar sempre atento a alimentação de seus cachorros, porque os Chihuahuas precisam de vários cuidados, especialmente pelo fato destes cães serem onívoros. Concomitantemente, é significativo não dar alimentos excessivamente essa espécie pequena. Você é do tipo que não se preocupa em alimentar o seu cão com chocolate ou algum tipo de doce? Porque é melhor você mudar isso. O chocolate é inconveniente a todos os cães, e com os Chihuahuas é exclusividade. A ingestão dessas substâncias pelo organismo desta raça pode provocar muitos problemas, levando, ainda, seu cachorro à morte.
Os cachorros que apresentam gordura em excesso, normalmente possuem distúrbios de ligamentos, bronquite e uma existência menos longa.
Muitos potenciais compradores desta raça querem cães profundamente pequenos, entretanto é necessário olhar, no momento da seleção, se não estão enfermos ou subnutridos ou, caso sejam saudáveis, em alguns casos serão capazes de possuir uma vida reduzida e graves distúrbios de saúde. É significativo, com o intuito de se ter um cachorro sadio, toda vez o alimentar com sua ração só, que deve ser própria ao porte e suas necessidades.
Como pontos desfavoráveis podemos admitir que cães da raça Chihuahua são muito assustados, despeitados ou inclusive coléricos.

Atividades e perfil psicológico da raça Chihuahua

O Chihuahua é um cachorro animado, mas que é capaz de exercitar-se correndo dentro da residência. Ama explorar o quintal ou exercer passeios simples com coleira e adora acompanhar os familiares em ocupações ao relento. Essa raça é especificamente para residir dentro do lar. O jardim não é com ele. Ele abomina o frio e procura calor. Os cuidados com a pelagem são mínimos. Penteie-o de duas a três vezes toda semana.
Um Chihuahua tem necessidade de bastante atenção. Eles selecionam um membro da família como “seu” e sentem bastante saudade desta pessoa na ocasião em que ela se encontra distante.
Use um peitoral ao invés de uma guia, com o intuito de defender o pescoço de seu animal de estimação sempre que ele anda. Isso também auxiliará a precaver um colapso da traqueia ou do palato mole.
Forneça alimento a seu Chihuahua com ração de ótima qualidade em que o ingrediente mais fundamental seja carne. Para uma refeição mais eficaz, certifique-se que o alimento contenha, ao menos, 30% de proteína e 20% de gordura. Quanto menos fibra, melhor, preferencialmente menos de quatro por cento.

Filhotes do Chihuahua

Apesar de sua anatomia reduzida, os filhotes são bem ativos e travessos. Nunca deixe o seu cãozinho muito tempo sobre o colo, pois uma caída é capaz de afetar muito, inclusive matar, o seu Chihuahua. Sua composição física, ainda em formação, é capaz de ser bem prejudicada pelas frequentes caídas.
Não é aconselhado às pessoas que possuam crianças bem pequenas em casa possuir um Chihuahua como bicho de estimação. Embora, caso opte por obter um, redobre a sua atenção e nunca deixe uma criança desacompanhada com um Chihuahua.
Crias da espécie são capazes de ser facilmente criados com outros cães e têm o hábito de recrear-se muito em brincadeiras e correrias. Embora, mesmo divertindo-se, algum incidente pode ocorrer, então assegure-se de que o seu animal tenha um tamanho e porte semelhante com seus “amiguinhos”. Banhos só devem ser oferecidos depois da última porção de vacina, aos 4 ou 5 meses.
Para obter um cão saudável, nunca escolha um filhotinho de um criador irresponsável ou em uma loja de cachorros sem proveniência. A proveniência é bem importante, porque, se os genitores são saudáveis, decerto seus filhotinhos inclusive o serão, pois há o risco das doenças serem de genes.

Curiosidades acerca do Chihuahua

– O Chihuahua resiste mais tempo do que a quase totalidade dos espécimes – A perspectiva de vida é capaz de diferenciar bastante entre as diferentes espécies de cachorro. E o comprimento é capaz de interferir, porque o enorme Dog Alemão costuma ter uma existência menos duradoura e o nanico Chihuahua pode passar dos vinte anos. Ainda por cima, é uma raça que não chega a ter distúrbios sérios de saúde. A grande atriz norte-americana, Marilyn Monroe, amava essa raça. Ela tinha diversos bichos de estimação: Além de um gatinho, um grande cavalo e muitos cachorros, entre eles existia uma fêmea Chihuahua intitulada “Josepha”.